logo

logo logo logo Colab

Licitações FeSaúde

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações SMEL

Licitações Sexec

Licitações SMEL


Início
Niterói será primeiro município do Brasil a fazer testagem em massa para coronavírus PDF Imprimir E-mail

29/03/2020 – Niterói receberá mais de 40 mil testes para diagnóstico de covid-19 vindos dos Estados Unidos nesta semana e será o primeiro município brasileiro a fazer a testagem massivo na rede pública. O objetivo é identificar as pessoas contaminadas, garantir o isolamento social de pessoas assintomáticas e minimizar a propagação do novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Neves neste domingo (29) como mais uma das medidas adotadas pela Prefeitura para conter o avanço da doença na cidade.

O chefe do Executivo fez um novo apelo para que o niteroiense fique em casa até o dia 10 de abril, quando a situação será reavaliada, e que redobrem – sem pânico –, os cuidados em locais como farmácias, supermercados e padarias. No sábado (28) foi confirmado o primeiro caso de transmissão comunitária da doença no município.

“Estamos seguindo rigorosamente o que indicam especialistas infectologistas e as medidas que obtiveram sucesso em todo o mundo. Se não tivéssemos tomado todas as atitudes que já implantamos, como o gabinete de crise, a situação da cidade seria muito pior. Niterói tem características muito peculiares, tanto socioeconômicas quanto territoriais, e com muitas pessoas que tiveram acesso a viagens ao exterior e uma classe média que mora próximo a grandes locais de aglomerações, como as comunidades. Por isso nossas medidas tiveram que ser rápidas e enérgicas”, disse o prefeito.

Até o momento, são 42 casos confirmados em residentes em Niterói, sendo que 25 em isolamento domiciliar (monitorados pela Saúde), 9 internados (dos quais 5 em UTI), 7 recuperados que já tiveram em alta e 1 óbito.

Testagens – Com os lotes de testes que chegam nesta semana, a cidade pretende iniciar até a próxima sexta-feira a testagem massiva de cerca de 40 mil pessoas que apresentarem sintomas respiratórios, que residem em comunidades ou que trabalhem na área medica. Niterói seguirá o modelo que foi utilizado em locais como Singapura e Coreia do Sul.

“A testagem massiva nesses locais permitiu o isolamento mais rápido de pessoas que eram assintomáticas ou que possuíam sintomas mais leves. Nesses países a letalidade foi bem menor com a implantação de medidas semelhantes às que estamos implantando em Niterói. Por isso já estaremos com os locais para receber essas pessoas prontos. Estamos entrando em uma nova fase de combate ao vírus, com várias frentes simultâneas”, explicou o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira.

Dentre as muitas medidas já adotadas por Niterói contra o novo coronavírus estão o aumento de leitos, arrendamento do hospital Oceânico para se tornar referência no atendimento à pacientes com covid-19, sanitização das principais ruas, avenidas e comunidades da cidade, concessão de 32 mil cestas básicas para as famílias de alunos da rede municipal de Educação, entre outros. A distribuição de 80 mil kits de higiene e limpeza para os atendidos pelo Médico de Família começa nesta semana.

Sanitização – Até o dia 10 de abril, espera-se que todas as principais avenidas e locais de grande circulação tenham passado pelo processo de sanitização com o quaternário de amônia de quinta geração, mesmo produto usado na China, que tem durabilidade de três a seis meses. Nesta segunda, as equipes atuarão no Maruí, Leopoldina, Marítimos e Morro do Pires.

Vacinação – A Prefeitura de Niterói confirma para esta segunda (30) o retorno da vacinação contra gripe (H1N1) para idosos em todas as policlínicas da cidade que também atenderão com o sistema de drive thru. Para quem for tomar a vacina a pé, a recomendação é de manter um metro e meio de distância entre as pessoas, para evitar aglomerações e qualquer tipo de contato. Equipes do Médico de Família iram aplicar a vacina nos idosos acamados ou com dificuldade de locomoção que sejam atendidos pelo programa.

Novas medidas econômicas – O prefeito Rodrigo Neves anunciou ainda que a secretária de Fazenda, Giovanna Victer, e secretário de Planejamento, Axel Grael, estão trabalhando em novas medidas para reduzir o impacto da crise e proteger a economia da cidade. Ao longo da semana já foram anunciados pacotes de medidas que incluem, entre outras coisas, ajuda aos microempreendedores individuais no valor de R$ 500 por três meses, abertura de linha de credito para microempresários, além do pagamento de salários mínimos por três meses para até nove funcionários de empresas que tenham até nove funcionários e se comprometam a não realizar demissões.

O prefeito fez um apelo aos empresários dos setores essenciais que estão trabalhando, como farmácias e supermercados, para que forneçam máscaras para seus funcionários e estabeleçam novas regras para funcionamento dos locais para evitar aglomerações.

Guarda mantém fiscalização em praias – Para garantir o isolamento social e o cumprimento do decreto de quarentena, a Guarda Municipal e integrantes do Programa Niterói Presente mantiveram a interdição nas praias, reforçando a orientação a moradores e banhistas.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ