logo

logo logo logo Colab

Licitações FeSaúde

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações SMEL

Licitações Sexec

Licitações SMEL


Início
Disque-Denúncia ajuda Niterói na guerra contra o coronavírus PDF Imprimir E-mail

31/03/2020 - Além de ter um papel fundamental no combate a violência desde a assinatura do convênio com a Prefeitura de Niterói em 2019, o Disque-Denúncia é agora também uma importante ferramenta de ajuda na guerra contra o coronavírus. Desde o primeiro registro, no dia 16 deste mês, já foram cadastradas 159 denúncias relacionadas ao Covid-19 no município. O convênio faz parte Pacto Niterói Contra a Violência.

As reclamações mais recorrentes são sobre o descumprimento do isolamento orientado pelas autoridades de saúde, preços abusivos de produtos como álcool em gel e máscaras, além da produção falsificada e venda clandestina do produto. Há também relatos que vão desde empresas que obrigam os funcionários a trabalharem com exposição ao risco de contaminação, até denúncias sobre grupos que estariam se organizando para saquear supermercados.

Um levantamento feito pelo Disque Denúncia mostra que, entre os dias 20 e 29, foram registradas 112 denúncias relacionadas ao tema, o que corresponde a uma denúncia a cada duas horas, considerando o tema coronavírus no perímetro que corresponde ao município de Niterói.

“Desde que fizemos o convênio, através do Pacto Niterói Contra a Violência, o Disque-Denúncia tem sido muito importante para ajudar na questão de segurança. E agora se mostrou um parceiro com o recebimento de denúncias que nos ajudam a elaborar ações de Ordem Pública nas ruas com as equipes da Guardas Municipal, agentes da Seop e fiscais de posturas. Além disso, contribuiu para não ocorrer sobrecarga no número 153. Toda a ajuda é muito bem-vinda neste momento. A cada dia as pessoas vão se conscientizando mais. Mesmo assim não vamos relaxar nessa missão. Estamos enviando as equipes para atender as denúncias na rua”, afirma Paulo Henrique de Moraes, secretário de Ordem Pública.

A parceria entre a Prefeitura de Niterói e o Disque-Denúncia permitiu a instalação de uma estação de trabalho para receber exclusivamente denúncias de Niterói na sede da instituição, além de uma maior divulgação sobre o serviço, que recebe informações anônimas sobre ações criminosas através do telefone 2253-1177 e do aplicativo “Disque Denúncia RJ”. O acordo foi mais uma ação do pacote de medidas do Pacto Niterói Contra a Violência. Na área de segurança, as denúncias recebidas são passadas para as forças de segurança do Estado.

“A participação da população, por meio das denúncias, deixa muito claro o apoio às autoridades no combate à Covid-19 e a confiança no serviço que já existe há quase 25 anos. Podemos muito pouco sem estas importantes informações", comenta Zeca Borges, coordenador do Disque-Denúncia. O Disque-Denúncia registrou até agora 2994 denúncias em todo o estado sobre o coronavírus.

Pacto Contra a Violência - O Pacto Niterói Contra a Violência, é um Plano Municipal de Segurança Pública que prevê investimento de R$ 304 milhões nos próximos dois anos em 18 projetos nos eixos de prevenção, policiamento e Justiça, convivência e engajamento dos cidadãos e ação territorial integrada das forças de segurança com órgãos municipais com o objetivo de reduzir os índices de criminalidade.

Cisp já atendeu quase mil chamados - O número 153 de Niterói, que atende no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), já atendeu 976 chamados entre os dias 19 e 27 de março. As ligações, em sua maioria, são relacionadas ao descumprimento dos decretos e ações implementadas para conter o avanço do coronavírus no município.

O bairro com o maior número de atendimentos até o momento é o Centro, com 172 chamados, seguido de Icaraí, com 123, Fonseca, com 73, e Itaipu, com 68.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ