logo

logo logo logo Colab

Licitações FeSaúde

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações SMEL

Licitações Sexec

Licitações SMEL


Início
Hotel arrendado pela Prefeitura de Niterói para população em situação de rua tem 46 pessoas hospedadas PDF Imprimir E-mail

10/04/2020 - A iniciativa da Prefeitura de Niterói de arrendar um hotel no Centro da cidade para que a população em situação de rua possa cumprir o isolamento social com segurança, já apresenta resultados positivos. Das 70 vagas disponibilizadas, 46 já foram preenchidas. E o Município está se preparando caso seja necessário a abertura de mais vagas para atender a novas demandas de acolhimento.

“Esse hotel atende a homens e mulheres adultos que não estejam infectados, que concordem e queiram estar no isolamento social. Até o momento, nenhuma dessas pessoas saiu ou pediu para ser desligado do acolhimento. Estão aqui contribuindo com a saúde deles e com a saúde da população”, afirma a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos de Niterói, Flávia Mariano. “Isso já é reflexo da conscientização do trabalho que vem sendo feito para o enfrentamento da doença”, completa.

Desde o início da pandemia, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos de Niterói, em parceria com a equipe do Consultório na Rua, projeto da Fundação Municipal de Saúde, está reforçando as abordagens de prevenção e informação sobre o novo coronavírus. As ações acontecem em todos os bairros da cidade, diariamente.

Para ter acesso a uma vaga no hotel, após a abordagem feita pelas equipes nas ruas, os usuários passam por atendimento social, que é realizado por equipe especializada no Centro de Referência a População em Situação de Rua, o Centro Pop, responsável pela regulação da vaga de acolhimento.

O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael, explica que todas essas pessoas antes de entrarem no hotel assinam um termo de compromisso para cumprir o isolamento social.

“O isolamento social é para todos, até para pessoas em situação de rua. Estamos fazendo de tudo para que os impactos sociais e econômicos gerados pela pandemia sejam os menores possíveis em nossa cidade. No hotel, eles recebem todas as refeições, além de terem acesso ao atendimento e acompanhamento com as equipes técnicas da assistência social e da saúde, que estão disponíveis 24 horas para esta população. Estamos nos preparando caso seja necessário ampliar a oferta de vagas e atender a novas demandas de acolhimento”, enfatiza Axel.

Luciano Costa é um dos acolhidos no hotel e conta como a iniciativa está sendo importante para ele neste momento tão delicado.

“A gente, em situação de rua, pode pegar o vírus também. Essa ajuda da Prefeitura em nos dar um lugar para dormir, fazer nossas refeições e um local para higiene é muito importante. Aqui, nós temos atendimento, cama limpa, álcool em gel, lençol, toalha e tudo que a gente precisa. Espero que os outros que ainda não vieram, possam vir também”, diz ele.

A secretária Flávia Mariano ressalta, ainda, que todos os Centros de Acolhimento estão funcionando. Ela reforça que os espaços estão preparados de acordo com as normas de higiene e prevenção à Covid-19, para receber quem quiser ser acolhido. Além disso, os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) funcionam de segunda à sexta, das 11h às 15h para atender a população.

“As equipes da Assistência Social e do Consultório na Rua também estão fazendo um rastreamento de pacientes sintomáticos. Além da avaliação dos acolhidos nos centros de acolhimento da Prefeitura todos os dias, fazem orientações sobre os cuidados com a saúde, para que eles se sintam mais seguros em relação à prevenção da doença”, pontua Flávia.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ