Niterói segue com sanitização nas comunidades e pontos de grande fluxo Imprimir

31/03/2020 – A Prefeitura de Niterói continua com a sanitização em comunidades e pontos de grande fluxo da cidade. Nessa terça-feira (31), foi o dia das comunidades da Grota (São Francisco), Igrejinha (Largo da Batalha), Viradouro (Santa Rosa), Caniçal (Itaipu), Salinas e Cascarejo (Jurujuba).

O trabalho prossegue, desde a madrugada, pelas ruas do Centro: Rua Almirante Teffé (em torno da Praça do Rink), Rua Quinze de Novembro, R. Dr. Borman, R. Aurelino Leal, Av. Rogério Coelho Neto e acesso do Terminal Rodoviário ao Caminho Niemeyer.

A higienização é feita por equipes da Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (Clin) e agentes de sanitização da empresa contratada pela Prefeitura de Niterói para a aplicação da solução de quaternário de amônia de quinta geração para limpeza das comunidades e vias da cidade. O produto age como uma película que mata os micro-organismos do local (vírus, bactérias, fungos e ácaros) e forma uma camada protetora que mantém a superfície desinfetada por até seis meses, dependendo da circulação de pessoas. A solução química é a mesma usada pela China para desinfecção das ruas daquele País.

A secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa, explica que o objetivo é minimizar a propagação do vírus.

“Nossas equipes estão nas ruas, realizando a limpeza em pontos estratégicos, tanto em lugares de grande circulação quanto nas comunidades. O produto é aplicado nas calçadas, muros, fachadas, portões, pontos de ônibus e no asfalto. Essa é mais uma medida da Prefeitura para conter o avanço da covid-19 na cidade”, explica Dayse.

Os trabalhos já foram realizados nas comunidades do Morro do Estado, Preventório, Vila Ipiranga e Cavalão, além das principais vias de Icaraí (ruas Gavião Peixoto, Coronel Moreira César, Miguel de Frias e Av. Roberto Silveira), no Centro (Av. Ernani do Amaral Peixoto, Rua da Conceição, Rua Doutor Celestino e Av. Visconde do Rio Branco, no trecho entre o terminal rodoviário e a Praça JK), Fonseca (ruas Alzira Vargas, Souza Soares, Santo Cristo, São Januário e Tenente Osório, entre outras), Barreto (Largo de São José e adjacências), Caramujo, Charitas (Avenida Sílvio Picanço da maternidade até o túnel e Rua Doutor Leitão), Barreto (nas comunidades do Maruí, Pátio Leopoldina, Morro do Marítimo e Morro do Pires) e na Região Oceânica (Hospital Bonsucesso, Caniçal, Beira da Lagoa, Boa Esperança, Morro da Luz e Jacaré).

Kits de limpeza – Agentes do Programa Médico de Família seguem com as entregas dos kits de higiene na comunidade do Caramujo. A moradora Monica Cristina Alves Lima (44), parabeniza a atitude e diz “esse kit pra gente é essencial. A iniciativa da prefeitura é muito importante porque esse momento de epidemia está muito complicado”.

Serão entregues 80 mil kits de higiene para famílias de baixa renda cadastradas no Programa Médico de Família. Os kits contêm sabonete, sabão em pó, água sanitária, álcool e detergente. Os agentes do programa irão até a casa de cada um dos cadastrados para levar o kit e orientar sobre as principais medidas de higiene e prevenção. Não é necessário ir até o posto do Médico de Família.

“Precisamos fazer a nossa parte. Parar em casa, sossegar e confiar que tudo vai dar certo. Eu estou muito agradecida da Prefeitura fazer isso pela gente, nem todo mundo pode comprar esses produtos”, disse Lucia de Fátima Gomes da Silva (67).